mude o mundo

Mude.

Mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.

Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.

Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.

Tome outros ônibus.

Mude por uns tempos o estilo das roupas.

Dê os teus sapatos velhos.

Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira pra passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.

Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.

Durma do outro lado da cama… depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de TV, compre outros jornais… leia outros livros.

Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.

Ame a novidade.

Durma mais tarde. Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.

Corrija a postura.

Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.

Tente o novo todo dia, o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor, a nova vida.

Tente. Busque novos amigos.

Tente novos amores.

Faça novas relações.

Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.

Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado… outra marca de sabonete, outro creme dental… tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores

Vá passear em outros lugares.

Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escrevas outras poesias.

Jogue fora os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.

Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.

Mude.

Lembre-se que a vida é uma só.

E pense seriamente em arrumar um novo emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.

Seja criativo.E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.

Troque novamente. Mude, de novo.

Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas.

Mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.

Só o que está morto não muda!

 

 

***************************************

 

Change.

But start slowly, because direction is more important than speed.

Sit in another chair, on the other side of the table.

Later, change table.

When you leave, try to walk on the other side of the street.

Then change path, walk through other streets calmly observing closely the places you pass.

Take other buses.

Change for a while the style of clothes.

Take your old shoes.

Try to walk barefoot for a few days.

Take an afternoon to wander freely on the beach or in the park and listen to the birds singing.

See the world from other perspectives.

Open and close drawers and doors with your left hand.

Sleep on the other side of the bed … then try sleeping in other beds.

Watch other TV shows, buy other newspapers … read other books.

Live other romances.

Do not make a lifestyle habit.

Love the news.

Sleep later. Sleep earlier.

Learn a new word a day in another language.

Correct posture.

Eat a little less, choose different foods, new spices, new colors, new delights.

Try something new every day, the new hand, the new method, a new flavor, a new way, a new pleasure, new love, new life.

Try. Search new friends.

Try new loves.

Make new relationships.

Lunch in other places, go to other restaurants, order another kind of drink and buy bread at another bakery.

Lunch earlier, have dinner later, or vice versa.

Choose another market … another brand of soap, another toothpaste … bathe in new times.

Use pens of other colors

Go and visit other places.

Love very increasingly in different ways.

Change purse, wallet, bags, change your car, buy new glasses, you write other poems.

Play old watches out, gently break these horrendous alarm.

Open an account in another bank.

Go to other cinemas, other hairdressers, other theaters, visit new museums.

Change.

Remember that life is one.

And think seriously of finding a new job, a new occupation, a more light work, more enjoyable, more dignified, more human.

If you do not find reasons to be free, invent them.

Be criativo.E take the opportunity to make an enjoyable trip, long, preferably without any destination.

Try new things.

Change again. Change again.

Try again.

You certainly know better things and worse things than those you already know.

But that’s not what matters. The most important is change, movement, dynamism, energy.

Only what is dead does not change!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website (caso possua)